BLOG

Dicas

7 erros para evitar em banheiros pequenos

Metragens enxutas pedem um bom planejamento, com soluções criativas de projeto para que o espaço seja bem aproveitado. E se o assunto ainda é banheiro, não dá para cometer deslizes - afinal, geralmente dedicamos as medidas mínimas em apartamentos pequenos, mas vale lembrar que este é também um dos cômodos da casa que as pessoas mais usam ao longo do dia. Portanto, se você está pensando em reformar ou construir o seu do zero, confira a seguir um dossiê com os principais erros que você deve passar longe em banheiros pequenos (e também como resolvê-los!).

1. Errar nas medidas do banheiro  

Aqui a circulação deve ser a prioridade máxima. Existem algumas medidas mínimas que precisam ser consideradas para que nenhuma porta bata em armários ou que não haja espaço suficiente para se movimentar sem esbarrar nos móveis. Alguns exemplos: na frente da bacia sanitária recomenda-se deixar no mínimo 60 cm, para não ficar justo quando sentado, caso haja uma parede à frente. 

No box, o mínimo recomendado é 70x70 cm, mas vale considerar quem o utilizará. Lembre-se também da abertura da porta e opte por modelos de correr caso seja necessário. Quer mais dicas? No blog da Celite você pode conferir um guia de medidas de banheiro.

2. Esquecer os acessórios e seus tamanhos

Outro erro comum é não inserir na fase de projeto os acessórios de banheiros. Escolha e efetue a compra já considerando as medidas existentes ou futuras. Dessa forma você evita surpresas ao instalar a papeleira, toalheiro e até aquecedores de toalhas.  

Também é preciso prestar muita atenção na posição e na altura dos acessórios na hora da instalação. Por exemplo: um toalheiro deve estar entre 1,50 m e 1,80 m do piso, já o toalheiro anel fica a 30 cm acima da cuba. Para a saboneteira ficar confortável, coloque-a a 10 cm acima da cuba, e a papeleira entre 0,50 e 0,60 do piso. Considerando esses critérios, você se livra daquela sensação desagradável de pingar água pelo chão até chegar na toalha!

 

3. Metais que não combinam entre si

Torneiras, registros, duchas higiências, chuveiros… todos os itens da lista de metais devem combinar entre si. Portanto, escolha todos da mesma linha para que o resultado fique mais leve e harmonioso. Num banheiro pequeno, as pequenas diferenças tendem a se sobressair. Preste atenção também na altura da instalação da torneira, que deve considerar o tipo de cuba e espaço de bancada. 

4. Não considerar o tamanho e o encaixe da cuba na bancada

Há muitos modelos de cubas para banheiros pequenos - na Celite, a cuba de apoio redonda sem mesa R0 tem apenas 300 mm de diâmetro, sendo uma das menores opções para quem tem pouco espaço disponível. O modelo R1, da mesma linha, também atende bem espaços menores com seus 350 mm. 

A opção pelo tipo de cuba também é muito pessoal e varia de projeto para projeto - se você deseja ter mais espaço de bancada, as de embutir são ideais. Porém, se desejar ter mais espaço para armários, as de apoio são uma ótima escolha. Um meio termo são as cubas de sobrepor, que permitem uma bancada mais curta, facilitando na circulação. 

Outro ponto importante: atente-se à altura ideal da bancada do banheiro e evite aquela sensação desagradável de se encurvar para lavar o rosto! O recomendado é deixar a 80 cm do piso, caso seja uma cuba de apoio, ou 90 cm, no caso das cubas de embutir.

5. Falta de espaço para armazenagem

Lembre-se que o aproveitamento não deve ser apenas por metro quadrado e sim por metro cúbico! Ou seja, aproveite verticalmente o seu banheiro ao máximo, optando por armários suspensos e gabinetes compactos como o Net, da Celite (360 x 590 x 500 mm). Móveis com portas ajudam a esconder o excesso de objetos e deixar o espaço visualmente mais limpo e organizado.   

6. Pouca iluminação

 

Sabe quando você observa sombras no próprio rosto ao se ver no reflexo do espelho? Isso é um sinal de que a iluminação do banheiro não está adequada. Além da iluminação geral, que vai no forro, considere a instalação de arandelas na altura dos olhos. Caso não haja espaço para elas, faça uma iluminação embutida nas laterais do espelho, por exemplo. 

 

7. Não investir na decoração 

 

Seguindo as dicas acima, o básico você já fez. Mas sente que ainda assim o espaço parece frio e impessoal demais, com a sensação de que falta algo? Provavelmente está faltando decoração. Quadros, plantas, difusores, um cesto elegante e pequenos objetos darão a personalidade e aconchego que qualquer cômodo precisa. Não é porque é pequeno que não precisa desse cuidado, combinado?!

 

Pronto! Depois de anotar essas dicas, você certamente terá um banheiro planejado para aproveitar cada milímetro com muito conforto e praticidade. Não deixe de conferir também outras dicas cozinhas e lavanderias de apartamentos pequenos

 
 

BUSCAR