BLOG

Dicas

Qual a torneira ideal para cada tipo de cuba?

A escolha da dupla “torneira e cuba” do banheiro é muito importante. E nesse processo, é fundamental que você considere a beleza, mas sem abrir mão da funcionalidade.

Para começar, é fundamental existir espaço suficiente para que a higiene das mãos seja feita de forma confortável. Aqui, estamos falando da distância entre a saída de água e a borda da cuba.

Torneiras pequenas, muito baixas ou instaladas com distância maior que o recomendado fazem com que a água escorra pelas laterais enquanto você lava as mãos. Já modelos muito altos para cubas baixas, respingam água na bancada.

A saída de água deve ser direcionada para o ralo, respeitando a distância de até 4cm. Da mesma forma, a altura da torneira deve ser proporcional à da cuba, respeitando-se uma distância de 10 a 15cm, entre o bocal da torneira e a borda da cuba.

Agora, vamos aos tipos de torneiras mais indicados para cada modelo de cuba, respeitando-se as regras acima.

Torneira de parede

As torneiras instaladas na parede oferecem maior comodidade para higiene das mãos, quando a opção é por cubas de apoio. Estas louças têm a base apoiada na bancada e, por isso, costumam ser mais altas. Neste caso, é importante checar se o encanamento do ambiente já está preparado, ou será necessária uma pequena obra para instalar o novo ponto de água na parede.

Torneiras de mesa bica alta

São também indicadas para cubas de apoio. Este modelo também pode ser instalado de maneira mais personalizada. Fuja do tradicional e use um dos cantos da bancada, ao invés da instalação central. 

Torneiras de bica baixa

Já os metais de bica baixa combinam com cubas de embutir, sobrepor ou semiencaixe. São modelos de louça totalmente embutidos ou com parte da base da louça encaixada na estrutura do gabinete ou da bancada. Por serem mais baixas, as torneiras com altura reduzida evitam respingos.

Continue acompanhando as nossas dicas e boa obra! 

 

BUSCAR